Se você fosse presidente da república o que faria de diferente?

Pergunta

Todo o mundo fala, mas o que você faria diferente? Quais seriam as suas medidas para mudar a situação atual

em progresso 0
Ana 3 semanas 2 Respostas 125 visualizações Estagiário 1

Respostas ( 2 )

  1. Não sei. Eu teria que me aprofundar em um estudo sobre diversas coisas, assim eu poderia criar ideias coerentes para mudar o país.

  2. Tantas coisas…. mas antes, o presidente não tem este poder.

    Limitaria salários de políticos e servidores públicos, isto deixaria muita gente revoltada, mas eu fixaria o teto de salário de políticos e servidores em dez mil reais, serio, veja que tem servidores e políticos que embolsam mais de trinta mil por mês, dai isto geraria uma revolta e tanto, e eu diria apenas “não gostou? pede pra sair”

     

    Falando nisto, servidores públicos passariam a fazer parte de um sistema de pontuação, se recebesse -10, dez pontos negativos, seriam demitidos, estes pontos seriam dados por cidadoes em atendimentos diversos ou por suas atitudes, caso fosse negativado, seria investigado, foi confirmado? então com -10 demissão imediata.

     

    Reduziria os impostos sobre alimentos e medicamentos a zero em um programa que eu criaria chamado imposto zero onde todas empresas que trabalhassem com determinados alimentos e medicamentos seriam isentas de todos impostos, ficaria apenas impostos trabalhistas, mas exigira delas uma redução significativa nos preços, se não houvesse esta redução, não aplicaria o programa, as empresas desde as que produzem, transportam, armazenam, distribuem e vendem os produtos dentro do programa fariam parte do sistema imposto zero.

     

    Melhoraria o sistema judiciário pois não concordo com a forma que um condenado é tratado, tipo, não adianta nada prender uma pessoa em uma cela apertada sem chances de recuperação, os presídios seriam centros de recuperação onde o preso obrigatoriamente teria que estudar, fazer cursos e passar por acompanhamento psicológico além de trabalhar e se socializar lá dentro, mas, tentaria aplicar a pena de morte para crimes hediondos, esta pena de morte só naõ seria aplicável a pessoas com problemas psicológicos e que cometeram crimes hediondos.

     

    Acabaria com os atuais programas sociais voltados a população, porem criaria um programa único para ajudar pessoas desempregadas, mas, não é dar dinheiro para desempregado ficar em casa sem fazer nada, o programa daria um salário mensal ao desempregado de acordo com suas necessidades, numero de filhos, etc, mas, ele teria que trabalhar alguns dias por semana em alguma instituição do governo, escola, hospital, etc, e entraria em um sistema de busca de emprego onde seria concentrado todas as vagas de emprego no pais, todas as empresas só poderiam contratar por este sistema, assim seria mais fácil ligar o desempregado a vaga que ele procura e enquanto não encontrasse, iria trabalhar para o estado para garantir o recebimento do beneficio.

     

    Criaria uma regra onde qualquer um que entrasse para política, quisesse concorrer a cargos públicos, obrigatoriamente tivesse de ter ensino superior, ou, criaria nas faculdade estaduais, federais, um curso voltado para administração publica e suas regras, curso de dois anos ou mais, onde qualquer um que quisesse se candidatar a cargos na política teria que fazer este curso, se formar, e estar apito a ocupar o cargo, chega de políticos analfabetos, o curso seria focado em administração publica ensinando como governar com justiça e sem corrupção. no final do curso o aluno seria pontuado e esta pontuação estaria visível na sua ficha a todos eleitores, caso o aluno, candidato, discordasse da pontuação ele poderia repetir o curso. e o curso seria pago pelo aluno.

     

    Criaria um programa onde o governo ouviria a população a todo momento, saber da opinião do povo acho ser importante, para isto criaria um aplicativo para smartphone onde qualquer cidadão pudesse responder enquetes, enviar mensagens a políticos eleitos, desde o vereador ao presidente, saber tudo que esta sendo votado, aprovado, em pauta no pais e assim poder opinar, participar, acompanhar tudo, uma espécie de rede social do estado, mas com a exigência que todos teriam uma resposta e seria ouvido fazendo um governo mais próximo a população.

     

    Cara, eu tenho tantas outras ideias, como integrar sistemas educacionais, endurecer as leis em cima de crimes pequenos que muitas vezes nem são julgados mas prejudicam todos, cobrar de todos mais respeito ao próximo em todos sentidos, melhorar relações internacionais, etc.

EU PRETENDO DEIXAR AQUI A MINHA RESPOSTA