Ele me traiu, o que devo fazer?

Pergunta
  1. Meu namorado sempre foi alguem por quem tive admiração, sempre pude enxergar nele um grande coração, tinha plena convicção de que ele nunca trairia ninguém com quem namorasse, porque ele já deixou bem clara a sua repulsa por esse tipo de comportamento, ele é uma pessoa boa, mas pode ser muito impulsivo e agressivo quando está com raiva, isso sempre me machucou já que ele descontava em mim muita coisa ruim que lhe acontecia. Nessa manhã do dia primeiro, nós estávamos bêbados após uma noite de bebedeira, eu queria ir embora pq já tinha passado a noite, e queria descansar, além disso havia uma garota lá que estava me incomodando, já que ela passou a noite puxando o saco do meu namorado. Mas ele não queria ir embora, ficou com raiva por eu querer ir e disse que eu devia ir sozinha, eu fui pra casa dele, já que a minha casa é em outra cidade, lá eu dormi, mas antes mandei mensagem pra ele e pedi que não dormisse ao lado daquela garota (tinham duas camas de casal pra 6 pessoas) e ele disse que tudo bem. Algumas horas depois ele me mandou mensagem terminando tudo por vários motivos aleatórios. Depois ele chegou e ficou bem estranho, tentei conversar com ele pra convencê-lo a não terminar, e foi que ele me contou da traição. Surtei, tudo escureceu e me senti num pesadelo terrível, eu sempre tive tanto medo de ser traída, quase uma fobia, e aconteceu, eu não podia respirar. Depois de algumas horas de surto e choro, ele conseguiu me fazer ouvi-lo, disse que ele não era essa pessoa, que não se reconhecia, e que jamais faria isso novamente, que foi um caso isolado e que na hora estava tão bêbado que nem pensou que era errado, só quando começou a meter nela, que se tocou que era errado e então parou, ele disse que o sexo em si, não durou nem um minuto, e isso quase me consola. Ele me implorou por uma chance de consertar tudo, disse que jamais vai cometer esse erro com ninguém novamente e que foi a pior coisa que já fez, ele chorou muito, parecia arrependido, disse que não podia me perder, e até prometeu procurar ajuda psicológica pra ser uma pessoa melhor. Depois disso eu disse que precisava de um tempo pra pensar, a gente só se vê aos fins de semana, então passei esse final de semana lá e nos próximos ficaria sem ir por um tempo. Daí foram dias em que chorava o tempo todo, lembrava e chorava, desabava, ele foi carinhoso e paciente o tempo todo, dizendo que ia me mostrar que podia ser melhor, que queria envelhecer comigo e que íamos superar isso, se esforçou muito, sempre pedi pra ele que me acompanhasse na praia, que fôssemos passear e bicicleta, jogar baralho bebendo em casa, ou sair pra jogar conversa fora num boteco tomando litrão, ele nunca queria, porém agora ele disse que ia se esforçar pra me fazer feliz, e pasmem, fizemos tudo isso no fim de semana, ainda me disse que vai me dar uma aliança de compromisso, coisa q smp quis e ele não, além disso começou a planejar a nossa mudança pra irmos morar juntos, falando sobre móveis e planejando finanças. O sexo foi como no começo de um namoro, ele parecia precisar do meu corpo e me desejar mais que nunca. Enfim, ele tá aos meus pés. Jura que vai ser tudo diferente, e eu acredito na intenção dele, só não sei se algo vai mudar depois, esse é o meu medo, de ser decepcionada de novo. Não sei se devo continuar o namoro ou terminar, se devo confiar… O que vocês acham que eu devo fazer?
em progresso 0
Anônimo 3 semanas 1 Resposta 46 visualizações 0

Resposta ( 1 )

  1. Só pelo fato de beberem já estão errados, pois a embriaguez impede qualquer tipo de relacionamento amoroso…

EU PRETENDO DEIXAR AQUI A MINHA RESPOSTA

Encontrar

Escolha aqui o tipo de vídeo.

Cole aqui o ID do vídeo : https://www.youtube.com/watch?v=sdUUx5FdySs Exemplo: 'sdUUx5FdySs'.

Resposta anónima