Respostas ( 2 )

  1. Com sabedoria. Não seja tóxica/negativa com ele, porém, não seja permitiva demais. Escute-o e permita-o desabafar, mas, caso ele não queira, dê espaço, mas sem negligência.

  2. Se desculpando e entendendo que é culpa dos pais, dele estar assim. Se preferir pode perguntar pra ele, onde foi que você errou com ele e esteja preparado(a) para escutar, porque pode tanto, ser alo real quanto não e, seja como for, precisa estar preparado (de novo), tanto pra se corrigir quanto para corrigi-lo (mas fazendo-o entender que tais reações (de rebeldia) dificulta a compreensão e geram punições. Que é muito mais racional, buscar o diálogo. Brigar, punir de imediato, colocar de castigo sem ouví-los antes, pode piorar ainda mais, conceitos errados ou negativos à seu respeito, ficando cada dia mais difícil, tentar o entendimento. Pense sempre no amanhã, como ele vai estar.

    MELHOR RESPOSTA ****

EU PRETENDO DEIXAR AQUI A MINHA RESPOSTA